Ingrid Guimarães faz post reflexivo sobre velhofobia: “Forca social”

A ex-atriz global confessou que não teme a chegada dos 50

Publicado em 16/11/2021 22:21
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ingrid Guimarães, atriz, fez um post bem reflexivo na rede social sobre velhofobia. Com 49 anos, a artista já sente o pavor das pessoas com o famoso 50 e desabafou.

“Tenho percebido um certo silêncio quando digo que tô chegando perto dos 50. Quando a pessoa quer ser simpática ainda diz: ‘Olha, você tá ótima, tá?! Quase como quem diz: ‘Calma, que você não parece velha’. Como se parecer fosse algo a ser urgentemente evitado. Como diz a escritora Miriam Goldenberg, a única categoria social que une todo mundo é ser velho. Então por que esse estigma de algo que todo mundo vai chegar?”, desabafou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Forca social”

Em outro momento, a atriz confessou que conheceu o termo recentemente e mostrou sua luta contra esse preconceito velado da sociedade. “Há pouco tempo conheci a palavra “velhofobia”. E junto a ela, um monte de regras sobre o que não se pode mais. Luto contra ela todos os dias. De repente tive que falar no assunto com mais frequência. Me preparar para um número como se tivesse indo pra uma forca social”, relatou.

Inúmeros artistas comentaram sobre o post corajoso da ex-global. “Por aqui 60. E acabei de voltar de uma partida de Beach Tenis! Bora Ingrid”, revelou Astrid Fontenelle. “Mr bem amor! Arrasou”, disse Claudia Raia. “Eu não tô nem aí!”, desabafou Bel Kutner. “Chama etarismo. É cruel”, apontou Leo Jaime, dispararam.

Homenagem a Marília Mendonça

Após a tragédia da aeronave que matou a cantora Marília Mendonça, Ingrid Guimarães fez um post emocionado à cantora e confessou que aprendeu a gostar de Marília por causa da atriz Grazi Massafera.

“Marília, minha conterrânea, sei bem o ambiente até então masculino que você começou a fazer sua música. Vc deu voz a tantas mulheres e empoderou outras tantas com sua sofrência. Um fenômeno, um furacão, um vozeirão. Como te arrancam daqui assim sem nos preparar? Meus sentimentos à sua família, seus fãs e amigos. Sei bem como é essa dor. Meus sentimentos à família dos outros companheiros que estavam no avião. Sua música fica pra gente cantar alto, né @massafera? (Grazi que me viciou em Marília)”, comentou. 

LEIA MAIS: Lázaro Ramos sobre relação com Taís Araújo: “a gente se conecta na fofoca”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio