Lilia Cabral chora morte de Tarcísio Meira ao vivo e cita Glória Menezes

Atriz lembrou a parceria com o ator em 'Corpo a Corpo', da TV Globo

Publicado em 12/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A morte de Tarcísio Meira se tornou o principal assunto do dia. O ator, de 85 anos, faleceu nesta quinta-feira(12), vítima de complicações da covid-19. O marido de Glória Menezes estava internado no Albert Einstein, em São Paulo. Durante o Encontro, da TV Globo, Lilia Cabral se emocionou com a triste notícia.

Enquanto conversava com a apresentadora Fátima Bernardes, a atriz, que atualmente está no ar na reprise de Império, se emocionou e disse que estava preocupada com Glória Menezes, sua amiga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É muito triste, ontem com o Paulo, a situação estava difícil. Quando tem o tempo de vida grande, a história de vida é essa, vai ter o momento. Mas quando acontece, é difícil acreditar. Dois grandes atores da história da TV e você pensa que todos são eternos. Não é aceitar, é receber uma notícia que dói. Eu só to pensando na Glória. A Glória ficou tão me amiga, desde a primeira novela na Globo. Penso na família. Não para dissociar [o casal]. A cumplicidade, quando você vê”, disse ela durante o programa.

A atriz também refletiu sobre a pandemia, que assola o Brasil e o Mundo. “São duas perdas na pandemia, nessa tristeza de covid, no mundo que estamos vivendo agora. É tentar entender. Essa doença é uma roleta russa, isso não significa que você tem que deixar de tomar vacina, relaxar os cuidados. É uma doença que você pode ser assintomático, mas com o outro acontece uma tragédia”, lamentou ela.

Lilia Cabral. (Foto: Reprodução/Globoplay)

Parceria com Tarcísio Meira em ‘Corpo a Corpo’ (1984)

Ainda durante as homenagens ao ator, Lilia Cabral relembrou sua parceira com Tarcísio Meira durante as gravações de ‘Corpo a Corpo’ em 1984 e afirmou que não consegue imaginar Glória Menezes sem o parceiro.

“Não dá para pensar na TV sem Tarcísio, sem a Glória. É uma história. Quando entrei na TV, a gente ficava do lado deles ouvindo essas histórias. Eram aulas. Era uma particularidade deles. Em ‘Tieta’, juntava aquela galera toda no bar e todos ficavam contando histórias. Quando comecei em ‘Corpo a Corpo”‘ a Gloria fazia e o Tarcísio ia se encontrar, eles davam a mão, um beijinho”, lembrou.

VEJA TAMBÉM: Tarcísio Meira fez reflexão sobre a morte antes da pandemia

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio