Segundo supervisora, disparos de Alec Baldwin não estavam previsto no roteiro de ‘Rust’

Supervisora acusa o ator de brincar de roleta russa após não verificar a arma antes do manuseio

Publicado em 18/11/2021 11:37
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta última quarta-feira (17), Mamie Mitchell, supervisora do roteiro do filme ‘Rust’, que foi palco da tragédia envolvendo o ator Alec Baldwin e a diretora de fotografia Halyna Hutchins, alegou que, no roteiro, não estava previsto cenas de tiros, portanto, os disparos não deveriam ter acontecido.

Mamie deu entrada em um processo contra o ator, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, pois segundo ela, não era para o disparo ter acontecido. De acordo com a supervisora, os closes da câmera deveriam ser apenas um dos olhos do ator, outro de uma mancha de sangue e no torso do ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Enquanto ele alcançava o coldre com a mão direita e retirava a arma. Não havia nada no roteiro sobre a arma ser disparada pelo acusado Baldwin ou por qualquer outra pessoa”, declarou no processo.

Durante a coletiva de imprensa, que aconteceu nos Estados Unidos, Mamie afirmou que Alec deveria ter olhado se a arma era segura antes dos disparos: “Em nossa opinião, o Sr. Baldwin escolheu jogar roleta russa quando disparou uma arma sem verificar e sem que o armeiro estivesse no local”.

“Eu revivo o tiroteio e o som da explosão da arma repetidamente”, disse a supervisora de roteiro, que foi quem ligou para a emergência afirmando o que aconteceu e mostrou-se ainda abalada pelo acidente.

Leia também: Klebber Toledo defende Camila Queiroz após escândalo na Globo

O acidente

Em outubro, durante as gravações do filme Rust, Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica que estava carregada de munições de verdade e matou acidentalmente a diretora de fotografia do filme e feriu o diretor Joel Souza. As gravações do filme foram interrompidas e uma investigação segue em andamento.

O processo de Mamie contra o ator é o segundo após o acidente que vitimou uma pessoa da produção. O eletricista Serve Svetnoy, está processando Alec e alguns membros da produção, afirmando que, a tragédia abalou sua saúde mental.

Veja mais: Presa no metrô, Rafa Kalimann tem dia de ‘terror’ em Nova York

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio