Sônia Oliveira surpreende internautas ao revelar sua história de cura milagrosa e fala de fé e motivação nas redes sociais

Publicado há 5 meses
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A paraense Sônia Guimarães Oliveira, natural de Cametá no estado do Pará, ficou conhecida em todo o Brasil ao ficar curada de uma doença auto-imune que vem desafiando a medicina até hoje a encontrar uma cura viável, que é o lúpus, o que permanece sem uma resposta à luz da medicina, e foi decisivo para que ela começasse sua missão como influenciadora motivacional nas redes sociais, onde já alcança quase 70 mil pessoas, levando uma palavra de transformação de vida e esperança.

Trajetória

Em 2018, Sônia foi diagnosticada com lúpus, que é um distúrbio crônico que faz o sistema imunológico produzir anticorpos em excesso, sem um motivo aparente, e que vem até hoje é um mistério para toda a comunidade científica mundial. Devido esta doença, os anticorpos, quando em alta concentração, passam a atacar o próprio organismo, provocando inflamações e lesões em vários órgãos do corpo, principalmente pele, rins, pulmões e articulações. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Devido às complicações que Sônia estava sofrendo da doença, em 2018 ela teve de ser internada e ficou mais de 39 dias hospitalizada. No entanto, a hoje missionária alega que foi ali que o milagre da sua cura aconteceu, sendo curada, segundo ela, através da sua fé: “Ali tive o meu encontro com Deus através da minha fé que era cada dia maior e mais transformadora. Vi meu corpo ser totalmente transformado e os médicos até hoje não sabem explicar como isto ocorreu, mas eu sei que foi Deus.” Sônia recebeu a cura de sua doença uma maneira inexplicável. 

Leia mais: Conheça a trajetória empreendedora da influencer Carla Rocha

Influenciadora digital

E foi lá mesmo, de dentro do hospital, que Sônia começou a compartilhar através da internet com pessoas do mundo todo o seu milagre, através das redes sociais e do Whatsapp. Ela criou um canal no Youtube e uma página no Facebook: “Hoje acompanho pessoalmente através da internet mais de 200 mulheres, levando uma mensagem de esperança e um testemunho de vitórias.”

Seu canal no YouTube, onde ela partilha suas experiências e devocionais, já tem quase 20 mil inscritos. Seus perfis nas redes sociais já somam 35 mil pessoas, que seguem os seus conselhos e ouvem atentamente às suas mensagens e pregações. “Eu sou um milagre de Deus. E hoje meu trabalho é levar para as pessoas um pouco de esperança e mostrar a elas que Deus tem o poder de mudar a vida daqueles que creem”, afirma Sônia Oliveira.

Hoje Sônia se tornou além de influenciadora, missionária cristã, levando a mensagem de Deus à todos os cantos do Brasil, em eventos, palestras e conferências, onde motiva pessoas que enfrentam situações difíceis a vencer seus desafios por meio da fé.

Casos de lúpus no Brasil e no mundo

Estima-se que cerca de 200 mil pessoas no Brasil e cinco milhões no mundo tenham a doença, que é considerada crônica e não possui cura. Segundo a OMS, o lúpus está relacionado à predisposição genética e afeta mais as mulheres que os homens, e mais adultos jovens que crianças e idosos pode ser desencadeado por fatores hormonais e ambientais, tais como: luz solar, infecções e alguns medicamentos. 

São reconhecidos dois tipos principais de lúpus: o cutâneo, que se manifesta apenas com manchas na pele. E o sistêmico, no qual um ou mais órgãos internos são acometidos. Quando acontece em homens a doença pode se manifestar de forma mais grave.

Embora não haja cura, é possível controlar a doença e viver bem com ela. O tratamento é realizado pelo reumatologista e a frequência de consultas varia de acordo com a forma com que o lúpus afeta cada paciente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio