Wesley Safadão fará show para 4 mil pessoas e rebate críticas: “Tudo voltou a funcionar”

Publicado há um mês
Por Beatriz Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Wesley Safadão foi muito criticado por internautas após anunciar seu show para quatro mil pessoas, que fará em Natal, no Rio Grande do Norte. O famoso fez questão de rebater e afirmou que tudo já voltou a funcionar. Vale destacar que, os ingressos esgotaram em cinco minutos após a divulgação.

“Só o meio do entretenimento ainda não voltou. Bares voltaram, shopping voltou. Tudo voltou a funcionar. E eu não acredito que as pessoas só peguem covid depois de 20h, 22h. Só peguem nos shows”, disparou o cantor em entrevista à Renata Nogueira do Splash UOL.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Wesley ainda defendeu a volta dos shows, pois segundo ele a classe artística está sofrendo mundo. O cantor ainda afirmou que famosos grandes, conseguem outra fonte de renda, mas as pessoas dos bastidores, como montadores de palcos, do som e etc, não têm a mesma sorte.

“A nossa classe artística, e aqui não falo só por mim, mas os grandes artistas do país, conseguem outras fontes de renda. Quem está sendo muito prejudicado são os artistas menores, é o cara do palco, do som, da luz, do banheiro químico, da limpeza e os produtores de evento que só vivem disso”, disse.

Ainda de acordo com Safadão, as pessoas o criticam questionando se ele achou a cura e afirmou que rebate sim as críticas, para defender os amigos que trabalham com eventos. Por fim, encerrou rebatendo com outros questionamentos.

“A gente não pode ser privado, por isso levantei essa bandeira. Não quero ser o salvador da pátria, mas não estou fazendo só por mim. Eu tinha até opção de ficar quieto e não levar críticas. As pessoas perguntam: ‘Achou a cura?’ Eu digo: ‘Nos shoppings acharam a cura? E nos aviões? E na praia?‘”, finalizou.

VEJA MAIS: Lívia Andrade posa de oncinha e aposta em fenda poderosa

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio