PUBLIEDITORIAL

“Silenciadas”: A Revolução Feminina no Rap, Unindo Passado e Presente na Luta pela Igualdade de Gênero

Inspiradas por Olympe de Gouges, cinco rappers protagonistas se unem em projeto que chega para revolucionar o rap nacional

Publicado em 28/06/2023 18:57
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cenário musical brasileiro recebe uma contribuição potente: “Silenciadas”, uma obra do projeto Gangsta e Poesias que reúne as vozes marcantes de Tuca Lélis, Janaína Jáscone, Lunna Rabetti, Rakel Reis e Dory de Oliveira. 

Juntas, estas rappers se propõem a não apenas entreter, mas a informar, inspirar e provocar discussões, quebrando barreiras e redefinindo a indústria fonográfica.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Silenciadas” é um grito coletivo pela igualdade de gênero, buscando inspiração na luta da francesa Olympe de Gouges, um marco do feminismo no ano de 1791. As artistas interconectam passado e presente, ressaltando a relevância contínua da luta feminista e o perene enfrentamento das mulheres à opressão.

Além da canção potente, o lançamento de “Silenciadas” ganha vida através de um videoclipe contundente, dirigido por Tuca Lélis. Com um olhar artístico único, o vídeo mescla representações do patriarcado histórico e suas implicações na atualidade com vivências reais das vocalistas. O resultado é uma visão poderosa das barreiras enfrentadas por mulheres e uma firme denúncia do machismo entranhado na sociedade.

A letra de “Silenciadas” traz à luz casos reais de assédio sexual no ambiente de trabalho, ameaças recebidas pelo término de relacionamentos e, particularmente, o apagamento da mulher na indústria fonográfica e em determinadas profissões. Por meio dessas denúncias, o grupo fortalece a reivindicação feminina por espaço e voz, estimulando outras mulheres a fazerem o mesmo.

Foto: Mônica Senna (Em cena, Levi Cintra e Ângela Maria)

“’Silenciadas’ é mais do que uma simples canção: é um manifesto, uma denúncia, um chamado à reflexão. É, acima de tudo, um convite para se juntar à luta das mulheres por igualdade e visibilidade na sociedade”, explica Tuca Lélis. 

Tuca Lélis é uma profissional multifacetada no setor cultural,

desempenhando papéis como rapper, compositora, cantora, palestrante, diretora artística, roteirista e empresária.

A música está pronta para tocar em diversas playlists, especialmente aquelas focadas em mulheres do rap, hip hop, Rap Old School, letras de impacto e contextos educacionais. Então, prepare-se para se envolver pela energia, o talento e a poderosa mensagem dessas incríveis artistas que estão fazendo a diferença na indústria fonográfica.

Lançada no volume 2 de Gangsta e Poesias, “Silenciadas” e seu videoclipe já estão disponíveis em todas as plataformas de streaming de música e no canal oficial do projeto no YouTube. Em um cenário musical ainda dominado por homens, estas cinco rappers demonstram que as mulheres também podem, e devem, ter voz ativa.

Foto: Mônica Senna (Em cena Priscila Loli)

Não deixem de conferir ‘Silenciadas’. Junte-se a nós nessa experiência musical profunda e transformadora, acesse as redes sociais do projeto!

Produção Musical: Marrom SNT

Filmagem: Vulcams Filmes

Direção: Tuca Lélis 

Figurino: Omanto, Digifilme Digital e Ice Blue On

Foto: Mônica Senna

Designers: Rhamon THL e Luiz Oliveira Design

Clipe “Silenciadas” – https://youtu.be/JBC0i7VIEXk

Instagram: https://www.instagram.com/tucalelis.realidadecruel/

Instagram Gangsta e Poesias:

https://www.instagram.com/gangstaepoesias/

TikTok: https://www.tiktok.com/@tucalelis/

Youtube: https://www.youtube.com/@tucalelis

Spotify: https://open.spotify.com/intl-pt/artist/0qdhWBRE24nZ6WKtUkuR0f

Site: https://linkr.bio/gangstaepoesias

Este projeto foi idealizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, a Secretaria da Cultura e Economia Criativa e o Programa de Ação Cultural – ProAC. 

Conteúdo produzido e enviado por Sua Imprensa

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio