Marcos Mion apoia Evaristo Costa e alfineta Record ao relembrar demissão

Jornalista foi demitido da CNN Brasil e recebeu apoio do novo apresentador do 'Caldeirão'

Publicado em 4/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcos Mion usou as redes sociais e prestou apoio a Evaristo Costa, após a demissão dele da CNN Brasil na última sexta-feira (3). Novo apresentador do Caldeirão, ele alfinetou a Record, sua antiga casa, além do canal de notícias, sobre o assunto.

“As emissoras de TV ainda precisam aprender a se desligar de seus funcionários. É muito louco, eu que o diga”, iniciou ele, que estreará na tardes da Globo a partir da tarde deste sábado (4). Na sequência, o marido de Suzana Gullo não negou a felicidade com a nova fase na carreira, e chegou a comparar a antiga e atual casa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Mas eu que o dia também que na sequência sempre vem algo muito maior e melhor”, completou Marcos Mion. O comentário, por sua vez, ganhou like de Evaristo Costa.

Evaristo Costa (Foto: Reprodução/Instagram)

A demissão

Em anúncio feito no Instagram, Evaristo Costa anunciou que não fazia mais parte do quadro de funcionários da emissora desde o início deste mês, e que não recebeu nenhum aviso prévio. “Desde o dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. Sim, eu trabalhava na CNN, mas ao voltar das férias, assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa. Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços”, lamentou.

Em nota, a CNN Brasil esclareceu que a decisão do desligamento do jornalista ex-global ocorreu por razões estratégicas.

VEJA MAIS: Emotivo, Tiago Leifert se despede do ‘Super Dança’ e manda recado para Marcos Mion

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio