Will Smith diz porquê não xingava em seus raps: ‘Rapper suave’

Antes de virar estrela de Hollywood, Will teve carreira relevante como rapper nos anos 80, mas era conhecido por suas letras 'soft'

Publicado em 26/05/2022 08:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muita gente não se lembra, mas antes do ator Will Smith alcançar o estrelato depois de protagonizar The Fresh Prince of Bel-Air (Um Maluco no Pedaço no Brasil), ele já aprontava das suas como rapper. Inclusive, ao lado do DJ Jazzy Jeff, foi vencedor do Grammy em 1989, na categoria Melhor Performance de Rap.

O prêmio veio pela música que talvez seja o grande sucesso de Will como rapper: Parents Just Don’t Understand. O ponto curioso das letras de Prince era que nenhuma tinha palavrões ou xingamentos no geral, o que é bastante comum e característico no gênero. Muito por isso, Smith era considerado um ‘soft rapper’. O rótulo nunca agradou muito o astro de Hollywood, que falou sobre isso em entrevista dada recentemente a David Letterman.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O papo entre David e Will foi para o especial My Next Guest Needs No Introduction, disponível na Netflix. O astro, que venceu o Oscar por seu trabalho em King Richard, comentou com Letterman sobre a veia cômica da dupla formada com Jazzy, o que era o grande diferencial artístico de Will.

“Foi comédia, foi piada, foi divertido. Nós nos destacamos de uma maneira muito boa. Nós meio que tínhamos nossa própria pista”, contou o artista. A entrevista foi gravada semanas antes da cerimônia do Oscar, em que Will deu um tapa na cara de Chris Rock.

No entanto, apesar do burburinho que a dupla gerava no meio dos anos 80, havia um clamor por outra linguagem e novas referências do rap despontavam com um som mais ‘pesado’ e com letras fortes, que narravam a realidade do povo negro norte-americano. Artistas como Public Enemy, Tupac Shakur, NWA e mais alguns iam ocupando um grande espaço no cenário e adotavam uma abordagem completamente diferente do que Will fazia.

DJ Jazzy Jeff e Will Smith (Divulgação)

“Eu odiava isso, ser chamado de ‘soft’”, desabafou Will. Mas por que ele não falava de maneira mais desbocada em suas músicas? A resposta está em um pedido feito pela avó de Will. Gigi. Quando o artista tinha 12 anos, encontrou um recado da matriarca em um de seus cadernos com letras, que dizia:

“Querido Willard, pessoas verdadeiramente inteligentes não precisam usar palavras como essas para se expressar. Por favor, mostre ao mundo que você é tão inteligente quanto pensamos que você é. Com amor, Gigi”.

“Essa foi a razão pela qual eu nunca xinguei em nenhum dos meus discos”, disse Will. E, a título de informação, não foram poucos discos. Ao todo o duo com Jazzy Jeff rendeu 5 discos, lançados entre 1987 e 1993. Nos anos seguintes, Will até voltou a faze rap, mas de maneira diferente, seguindo carreira solo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio