Luisa Sonza revela ataques sofridos após morte do filho de Whindersson Nunes

A cantora foi acusada por haters de ter desejado a morte do bebê

Publicado em 23/03/2022 14:21
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Luisa Sonza voltou a falar sobre os ataques de ódio que recebe na web, desde o início do relacionamento com Whindersson Nunes. Em entrevista à Ela, a cantora relatou ainda que, quando o filho do humorista faleceu após o nascimento, os ataques se intensificaram.

De acordo com a cantora, alguns internautas afirmaram que ela havia desejado a morte do bebê e alegou estar tentando aprender com esses ataques de ódio: “Tenho aprendido a conviver com esses ataques. Ninguém gosta de ser odiado, é óbvio. Mas preciso também focar nos meus objetivos e pensar em coisas boas e críticas construtivas. Há meses, isso me deixava muito mal, mas tenho tentado não absorver ou absorver o menor possível”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Ex-BBB Larissa expõe problema de saúde e assusta seguidores

Luisa contou que muitas pessoas a atacam pensando que ela vai desistir da carreira. Mas consolidada no ramo musical, a cantora garantiu: “Há pessoas que querem me atingir a todo custo, achando que vão me parar, mas elas definitivamente não vão”.

Para encerrar, Sonza afirmou que os ataques são machistas e que por esse motivo, decidiu escreveu música para emponderar cada vez mais as mulheres. Além disso, finalizou dizendo que mulheres bem resolvidas incomodam.

“A gente vive numa sociedade extremamente machista, em que quase todos os âmbitos têm dominação de homens. Então, ver uma mulher crescendo, empoderando outras mulheres, e fazendo o que bem entende, incomoda e muito. E tem sido assim desde o dia que resolvi utilizar minha arte como forma de empoderar mulheres”, encerrou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio